Header Ads

Resenha: Azumanga Daioh - Onde todas as piadas têm vez!

Olá, pessoal! Aqui estou eu outra vez, Tamao-chan, trazendo mais uma resenha. Desta vez é de um mangá que veio ao Brasil pela NewPOP, uma empresa que comercializa mangás bem... alternativos. Entre os BLs, GLs, Hentais, também temos algumas obras de comédia, drama, história, etc... E uma das obras de comédia que a empresa nos trouxe em 2014, que é Azumanga Daioh, será citada neste post.

Eu só consegui ver o anime desta obra em 2008, quando eu tinha 18 anos. Na verdade, ele foi lançado em 8 de abril de 2002, e o mangá é ainda mais antigo, de fevereiro de 1999. O título vem de algo engraçado... O nome do autor é Kiyohiko Azuma, então Azumanga vem da mistura de Azuma com mangá, e Daioh vem por causa da revista que ele é originalmente publicado, a Dengeki Daioh.

A história deste mangá é muito simples. Começa com uma menina, Mihama Chiyo - uma garota de 10 anos que, além de ser um gênio é muito rica - que é transferida para uma turma de primeiro ano do colegial em um dos melhores colégios por causa do seu intelecto. Mas mal sabe ela que, em meio a essa mudança, também tem adolescentes com parafusos a menos, até mesmo a professora responsável pela classe. As piadas não giram somente em torno à gênio mirim, como também a várias situações de manifestações culturais japonesas, não só fora do colégio, como dentro dele também.

A obra é completa em 4 volumes
Temos outros personagens além da Chiyo-chan, como a Sakaki, uma menina atlética que é muito tímida e fala somente o necessário, além de ser muito inteligente e amar gatinhos, a Mizuhara Koyomi, também super inteligente, mas quer ser a melhor e ainda tem um certo desespero com o seu peso, Takino Tomo, melhor amiga (ou se considera a melhor amiga) de Koyomi, uma menina que se acha muito esperta, mas é uma que mais tira notas baixas na maioria das vezes, Kasuga Ayumu, garota que recebe apelido de Osaka porque veio de lá, e é a aluna mais distraída da sala, e Kagura, que também é uma menina atlética, mas participa do clube de natação e é uma das alunas que menos presta a atenção nas aulas.

Mas a história não gira em torno apenas dessas seis alunas, mas também em duas professoras: Tanizaki Yukari, professora de inglês que adora uma bebida, e Kurosawa Minamo, professora de Educação Física que adora quando as coisas estejam na mais perfeita ordem.

Bom, e o que dizer sobre o trabalho em Azumanga Daioh feito pela NewPOP? A obra foi feita com o maior esmero (embora a revisão às vezes tenha falhado, mas conseguiram adaptar muitas partes de maneira muito boa), com as primeiras páginas coloridas e as páginas feitas de papel Off-set 90grs.

Tudo começa com essas folhas coloridas muito bem feitas



E as piadas são muito bem adaptadas, até mesmo com todas explicações necessárias para o entendimento aqui no ocidente (lembrando-se que nem todas precisam disso, boa parte das piadas são visuais, e em formato 4-koma isso é perfeito).



Para mim, este mangá é pura nostalgia, porque me lembra bastante a época do colégio. É uma daquelas épocas que éramos felizes e não sabíamos. Além de estudar muito quando o vi adaptado em anime, também podia curtir com os meus amigos, e não era essa loucura que é hoje em dia, além de poder compartilhar experiências de vida com os outros. E é basicamente o que acontece neste mangá, porém com muito bom humor.

Muito obrigada a todos que leram o artigo sobre este mangá, e até a semana que vem!

Ficha técnica:
  • Azumanga Daioh
  • EditoraNewPOP
  • Coleção completa em 4 volumes
  • Autor: Kiyohiko Azuma
  • 14,6 x 21 cm
  • Capa dura
  • 164 páginas (inclui páginas coloridas)
  • Preto e branco

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.